Velocidade de adaptação dos diferentes tecidos do corpo humano

Para quem veio na Palestra do Dr Thales Messora sobre Medicina Esportiva, no dia 21/09, ficou um gostinho de quero mais e estamos planejando uma nova palestra para que vocês possam adquirir mais conhecimento e tirar dúvidas com o Dr Thales que esta com agenda aberta na CrossFit Saurus Vila Guilherme aos Sábados.

 

 

Um dos temas abordados em na palestra do dia 21/09 foi a diferença entre a velocidade de adaptação e a de reparação dos diferentes tecidos do nosso corpo.
Nossa musculatura tem a capacidade de adaptação em torno de 4 semanas. (Esse é um motivo de os protocolos de treinamento clássicos de academia terem duração aproximada de um mês. O estímulo deve ser sempre mudado para que haja uma nova adaptação.) Nossos ossos (em sua maioria) tem capacidade de reparação parecida, entre 5 e 6 semanas.
Por outro lado, nossos tendões e cartilagens possuem um período longo de reparação e adaptação (mais de 40 semanas). Por esse motivo, lesões articulares tendem a ter uma recuperação lenta, necessitando de intensa reabilitação e, sobretudo, paciência em seu processo curativo. A pressa para o retorno a exercícios de alta exigência articular tende a atrasar a evolução dessa reparação, muitas vezes tornando uma lesão pontual em um problema crônico.


A mesma regra vale para usuários de esteroides anabolizantes. Tais hormônios potencializam o processo de hipertrofia muscular numa velocidade muito maior que a tendínea ou a cartilaginosa. Assim, podemos observar alta incidência de lesões articulares, como tendinites e rompimentos tendíneos nessa população.

 

Você quer melhorar a sua performance de forma responsável e com profissionais que lhe auxiliarão a ter a sua melhor versão sem agredir seu corpo ou pular etapas? Entre em contato com a nossa Nutricionista Jéssica Mascaretti 11-99934-8645 e com o Dr Thales Messora Medicina Esportiva 11-98542-1121.